Mostrar mensagens com a etiqueta videos. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta videos. Mostrar todas as mensagens

domingo, 3 de novembro de 2013

Gravar chamadas no Skype

O Skype é um dos melhores programas para chamadas de vídeo. A maioria dos usuários estão usando-o para chamadas de vídeo e bate-papo com amigos e familiares. A melhor parte do aplicativo é que ele está disponível para todas as plataformas, incluindo Windows, Mac, Android e iOS. Se você é um usuário do Skype e procura de uma ferramenta gratuita que ajuda você a gravar as chamadas de vídeo do facilmente, então sua espera acabou, apresento-lhes o Free Video Call Recorder for Skype.
O aplicativo é gratuito (freeware) e atualmente só disponível para Windows. O Free Video Call Recorder for Skype é um programa para gravar os vídeos sem quaisquer limitações.
 Ele tem uma interface muito simples. Uma das melhores características é que ele não tem limite de tempo, então isso significa que você pode gravar as chamadas sem qualquer limitação e salvá-las em formato de MP4/MP3, de modo que elas podem ser facilmente reproduzidas em qualquer player de mídia que você preferir.


Com a ajuda do programa, você pode gravar as chamadas dos seguintes modos: Picture-in-Picture (o programa grava o áudio e vídeo dos dois lados da conversa), apenas o vídeo do segunda pessoa ou o áudio de ambos os lados. Isso depende do modo em que você escolher para gravar as chamadas. Tudo que você tem que escolher o modo e clicar no botão “Start” para iniciar a gravação.

Depois de clicar no botão “Start”, Free Video Call Recorder for Skype irá gravar sua voz ou chamada de vídeo até que você desligue o Skype ou pare manualmente a gravação. Depois de parar a gravação, ele será salvo na pasta de saída. A partir daqui, você pode reproduzir o arquivo gravado em qualquer reprodutor multimídia.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

HANGOUT V

Carregar fotografias

Com carregamentos de fotografias e vídeos ilimitados, o Google+ torna mais fácil o carregamento de fotografias para partilhar com as pessoas de quem gosta.

Carregar fotografias manualmente

1.    Coloque o cursor no canto superior esquerdo do menu principal do Google+.
2.    Clique em Fotografias.
3.    Clique em Carregar fotografias.
Depois de carregar fotografias e vídeos, partilhe estes itens através de uma mensagem. As pessoas que tenham partilhado itens consigo no Google+ verão esta mensagem. Também pode partilhar com pessoas fora do Google+ ao enviar-lhes um link para um álbum

Carregar fotografias através da Cópia de Segurança Automática

Ao ativar a Cópia de Segurança Automática, pode carregar automaticamente e de forma privada fotografias e vídeos do seu dispositivo móvel para o Google+.
Depois de ativar a Cópia de Segurança Automática, para encontrar as suas fotografias:
1.    Coloque o cursor sobre o canto superior esquerdo do ecrã para abrir o menu de navegação principal do Google+.
2.    Selecione Fotografias.
3.    Selecione Cópia de Segurança Automática no menu pendente Mais. Todas as fotografias e vídeos tiradas com o seu telefone serão apresentados aqui.
Estas fotografias encontram-se visíveis apenas para si até que as publique ou as mova para um álbum que tenha partilhado.

Ver fotografias armazenadas no Google Drive

Se armazenar fotografias no Google Drive, pode optar por ver cada pasta como um álbum no Google+. Apenas o utilizador pode ver as fotografias na sua biblioteca, a menos que decida partilhá-las.

Opções dos tamanhos de carregamento

O Google+ permite o carregamento ilimitado de fotografias e vídeos, o que facilita o carregamento de fotografias para partilhar com as pessoas que lhe são mais chegadas.

Opções de carregamento

·         A maioria das fotografias será carregada em Tamanho padrão. O tamanho padrão é o melhor para partilhar fotografias na Web. Se pretender que as suas fotografias sejam carregadas em tamanho padrão, estas serão redimensionadas para 2048 píxeis no lado maior. Pode armazenar um número ilimitado de fotografias em tamanho padrão no Google+.
 
·         Neste momento, os carregamentos em Tamanho original estão disponíveis ao carregar fotografias pelo computador ou através do Carregamento Instantâneo no seu dispositivo Android. As fotografias em Tamanho original referem-se à resolução original das suas fotografias (ex: 4288 x 2848). Os carregamentos em tamanho original irão ser contabilizados para a quota de armazenamento do Google Drive. Caso fique sem quota de armazenamento no Google Drive, irá passar a carregar fotografias em tamanho padrão.

Quando começar a ficar sem espaço de armazenamento, será apresentada uma notificação no tabuleiro de notificações. Se ficar sem quota de armazenamento do Google Drive, começaremos a armazenar as fotografias no tamanho padrão. Caso seja necessário, pode comprar mais espaço de armazenamento.
 
·         Pode carregar um número ilimitado de vídeos que tenham uma duração inferior a 15 minutos e uma resolução de 1080p ou inferior. Para carregar vídeos com uma duração superior a 15 minutos e com resolução superior a 1080p, será necessário ter espaço de armazenamento disponível. Saiba mais sobre o armazenamento do Google Drive.
Não é necessário adquirir armazenamento adicional, mas se preferir continuar a carregar a armazenar carregamentos em tamanho original, terá à sua disposição armazenamento adicional para adquirir. Saiba como tirar o máximo partido do seu armazenamento.

Ativar ou desativar os carregamentos em tamanho original

No computador

1.    Clique no Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_F322F086D270D1C32281CF42869E1E58ADB4_2715327_en_v3 ícone da roda dentada, que se encontra no canto superior direito do ecrã.
2.    Selecione Definições.
3.    No cabeçalho Fotografias, selecione a caixa junto a Carregar as minhas fotografias em tamanho original.
Pode alterar esta definição a qualquer momento. Pode consultar quanto espaço tem disponível imediatamente abaixo da definição para carregar fotografias em tamanho original.

No seu telemóvel

1.    Na aplicação Google+, toque em Menu.
2.    Toque em Definições.
3.    Toque em Carregamento Instantâneo.
4.    Toque em Definir tamanho de carregamento e selecione Tamanho original ou Tamanho padrão.

Como adquirir mais espaço de armazenamento

As fotografias do Google+, o Google Drive, o Carregamento Instantâneo e o Picasa utilizam o armazenamento do Google Drive. Se pretender adquirir mais armazenamento, saiba mais informações sobre os planos e preços do armazenamento do Google Drive.
Nota: Não é possível efetuar carregamentos em tamanho original em iOS. No entanto, pode utilizar o Carregamento Instantâneo para armazenar fotografias em tamanho padrão.

Carregar fotografias

Com carregamentos de fotografias e vídeos ilimitados, o Google+ torna mais fácil o carregamento de fotografias para partilhar com as pessoas de quem gosta.

Carregar fotografias manualmente

1.    Coloque o cursor no canto superior esquerdo do menu principal do Google+.
2.    Clique em Fotografias.
3.    Clique em Carregar fotografias.
Depois de carregar fotografias e vídeos, partilhe estes itens através de uma mensagem. As pessoas que tenham partilhado itens consigo no Google+ verão esta mensagem. Também pode partilhar com pessoas fora do Google+ ao enviar-lhes um link para um álbum.

Carregar fotografias através da Cópia de Segurança Automática

Ao ativar a Cópia de Segurança Automática, pode carregar automaticamente e de forma privada fotografias e vídeos do seu dispositivo móvel para o Google+.
Comece por ativar a Cópia de Segurança Automática na aplicação Google+ no dispositivo móvel.
Depois de ativar a Cópia de Segurança Automática, para encontrar as suas fotografias:
1.    Coloque o cursor sobre o canto superior esquerdo do ecrã para abrir o menu de navegação principal do Google+.
2.    Selecione Fotografias.
3.    Selecione Cópia de Segurança Automática no menu pendente Mais. Todas as fotografias e vídeos tiradas com o seu telefone serão apresentados aqui.
Estas fotografias encontram-se visíveis apenas para si até que as publique ou as mova para um álbum que tenha partilhado.

Ativar ou desativar a Cópia de Segurança Automática

Quando inicia sessão pela primeira vez, é-lhe solicitado que ative ou desative a Cópia de Segurança Automática. Pode alterar esta opção em qualquer altura. Para tal, basta aceder às Definições do Google+.

Ativar ou desativar a Cópia de Segurança Automática

Alterar esta definição após iniciar sessão:
1.    Toque em Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_2621470_en_v1 > Definições
2.    Toque em Cópia de Segurança Automática.
3.    Ative ou Desative

Ativar a sincronização da Cópia de Segurança Automática

Enquanto utiliza a Cópia de Segurança Automática, certifique-se de que a Sincronização está ativada para a Cópia de Segurança Automática no dispositivo. Pode encontrar esta opção nas definições de sincronização da sua Conta Google. Ao ativar a Sincronização para a Cópia de Segurança Automática:
·         Assegure-se de que tem a sessão iniciada na aplicação Google+
·         Selecione a conta onde tem a sessão iniciada

Utilizar a Cópia de Segurança Automática

Assim que a ativar, as fotografias tiradas com a câmara do dispositivo serão carregadas para o seu álbum privado no Google+. A Cópia de Segurança Automática não funciona quando não tem sessão iniciada no Google+. Quando terminar sessão na aplicação Google+, as fotografias ou os vídeos pendentes na fila de espera para serem carregados não serão guardados no álbum de Cópia de Segurança Automática. Se reparar que existem fotografias e vídeos não carregados, utilize a opção Fazer cópia seg. total.

Gerir os seus álbuns

Controle tudo sobre os seus álbuns, desde o nome até à ordem em que as fotografias aparecem, passando pela partilha. Ao clicar no álbum, é direcionado(a) para a página de álbum, o que lhe permite ver todas as fotografias no mesmo. Uma vez na página do álbum, pode alterar o nome, partilhar, etiquetar pessoas, entre outros.

Alterar o nome do álbum

Para editar o nome do álbum, clique no nome. Quanto tiver efetuado a edição, prima a tecla "Enter" ou "Return" no seu teclado.

Partilhar um álbum através de link

Tem um álbum que pretende partilhar com pessoas fora do Google+? Clique no botão Mais e selecione Partilhar álbum através de link. Tenha em consideração que as pessoas que têm link direto para o seu álbum podem partilhar o link noutro local. Se pretende evitar novas partilhas no Google+, marque a caixa Bloquear este álbum? .

Adicionar ao evento

Adicione as suas fotografias e vídeos a um evento ao clicar no botão Mais e selecionar Adicionar ao evento. Selecione um evento a que tenha ido. Todas as fotografias do seu álbum serão carregadas para o evento.

Transferir álbum

Obtenha todas as fotografias no seu álbum num ficheiro .zip para armazenamento fora da nuvem. Clique no botão Mais e selecione Transferir álbum. O seu álbum será transferido e guardado no computador instantaneamente..

Eliminar álbum

Para eliminar um álbum inteiro, clique no botão Mais e selecione Eliminar álbum. Tenha cuidado! Se eliminar um álbum, o álbum e as respetivas fotografias serão eliminados definitivamente de todos os produtos Google, incluindo os Álbuns Web Picasa, o Blogger, entre outros. As fotografias e os álbuns eliminados não podem ser recuperados.

Organizar álbum

Ao selecionar Organizar fotografias a partir do menu Mais, pode reorganizar as fotografias dentro do álbum, ordenar fotografias por data, mover fotografias entre álbuns, copiar fotografias de um álbum para outro e eliminar fotografias. Clique nas fotografias que pretende organizar e selecione uma das seguintes opções:
·         Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_3056717_en_v0 Mover para mover estes itens para outro álbum.
·         Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_3056719_en_v0 Eliminar para eliminar estes itens
·         Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_3056663_en_v0Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_3056664_en_v0Mover para o início ou fim para mover estes itens para cima ou para baixo no álbum.
·         Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_3056727_en_v0Ordenar por data para ordenar todos os itens no álbum cronologicamente
Quando terminar, clique no botão Organização concluída.

Transferir Fotografias e Álbuns no Google+

Na qualidade de proprietário de um álbum ou fotografia, pode transferir qualquer fotografia que tenha carregado para o Google+. Partilhar uma fotografia ou álbum com uma pessoa ou um Círculo permite-lhes transferir fotografias para o ambiente de trabalho através da interface Transferir a Versão em Tamanho Completo. Pode alterar o acesso de outros utilizadores a esta opção nas suas definições.

Transferir fotografias individuais

Navegue para a fotografia que pretende transferir, clicando na mesma. Ao fazê-lo, será apresentada a fotografia em vista Caixa de luz.
1.    Clique no botão Ações que se encontra na parte inferior do ecrã.
2.    Selecione Transferir Fotografia no menu pendente.
Se está a tentar transferir uma fotografia que tenha sido partilhada consigo e não vir a opção de Transferir a fotografia, a pessoa que partilhou esta fotografia consigo desativou as transferências. Para saber mais acerca da limitação de transferências, leia a última secção deste artigo.

Transferir álbuns inteiros

1.    Navegue para as suas Fotografias, clicando no ícone Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_5541BEF2E67D60CE56BBFE80486536A9E3EF_2715322_en_v1 Fotografias.
2.    Clique no separador Álbuns e selecione o álbum que pretende transferir.
Os álbuns Fotografias de mensagens, Fotografias do perfil e Carregamento Instantâneo não podem ser transferidos.
3.    Clique no botão Mais
4.    Selecione Transferir álbum a partir do menu pendente.
Os álbuns serão transferidos como ficheiro .zip. Será necessário utilizar um serviço de terceiros como o 7Zip, Winzip ou WinRar para descomprimir álbuns com tamanho superior a 4 GB.

Transferir fotografias partilhadas de álbuns

1.    A partir do seu stream ou do perfil de alguém, clique no nome do álbum partilhado que pretende transferir.
2.    Clique no botão Mais
3.    Selecione Transferir álbum no menu pendente.
Os álbuns serão transferidos como ficheiro .zip. Será necessário utilizar um serviço de terceiros como o 7Zip, Winzip ou WinRar para descomprimir álbuns com tamanho superior a 4 GB.
Se está a tentar transferir um álbum que foi partilhado consigo e não vê a opção de Transferir o álbum, a pessoa que partilhou esta fotografia consigo desativou as transferências.

Limitar a capacidade de outras pessoas de transferir as suas fotografias ou álbuns

Se pretende partilhar fotografias e álbuns com outros utilizadores, mas prefere que estes não possam transferir fotografias em resolução máxima, poderá desativar as transferências das suas fotografias e dos seus álbuns nas definições do Google+.
1.    Clique no ícone da Descrição: https://storage.googleapis.com/support-kms-prod/SNP_F322F086D270D1C32281CF42869E1E58ADB4_2715327_en_v3 roda dentada, que se encontra no canto superior direito do ecrã.
2.    Selecione Definições no menu pendente.
Certifique-se de que Google+ está destacado a vermelho na barra lateral à esquerda e desloque para baixo até à secção Fotografias, localizada acima de Termos de Utilização de SMS, na parte inferior da página.
3.    Desmarque a caixa Permitir que os leitores transfiram as minhas fotografias. A sua seleção será automaticamente guardada e aplicada.

domingo, 6 de janeiro de 2013

DSpeech, leitor de textos e gravador audio-books


Text-to-Speech Tutorial

Este tutorial cobre uma base muito texto-para-fala exemplo (TTS). O aplicativo de console é uma das mais simples manifestações de discurso. É o "Olá Mundo" equivalente para TTS. Uma amostra equivalente para uma aplicação Windows usando uma interface gráfica (e bomba de evento) está disponível em Usando eventos com TTS .
A amostra se acumula desde os mais simples (embora não funcionais) COM quadro de falar uma frase. Etapas são fornecidas para cada nova função. A amostra ainda vai um passo além de demonstrar as marcas de uso de XML para modificar discurso. A aplicação de amostra completa fica na parte inferior da página.
Passo 1: Configurando o projeto 
Passo 2: Inicializar COM 
Passo 3: Configurando Vozes 
Passo 4: Fale! 
Passo 5: Modificando Speech

Passo 1: Configurando o projeto

Embora seja possível escrever um aplicativo a partir do zero, é mais fácil partir de um projeto existente. Neste caso, utilize o assistente do Visual Studio aplicativo para criar um aplicativo de console do Win32. Escolha "Olá mundo", como a amostra quando perguntado durante o assistente de configuração. Depois de gerar isso, abra o arquivo StdAfx.h e cole o seguinte código depois de "# include", mas antes do "# endif" declaração. Isso configura o adicional dependências SAPI requer.

# Define _ATL_APARTMENT_THREADED

# Include <atlbase.h>
/ / Você pode derivar uma classe de CComModule e usá-lo se você quiser substituir alguma coisa,
/ / Mas não mudam o nome do _Module
_Module CComModule externo;
# Include <atlcom.h>
Listagem de código 1
Em seguida adicione os caminhos para arquivos SAPI.h e SAPI.lib. Os caminhos são indicados para um padrão SAPI SDK instalação. Se o compilador não consegue localizar qualquer arquivo, ou se a instalação foi realizada fora do padrão, use o novo caminho para os arquivos. Alterar as configurações do projeto para refletir os caminhos. Usando as configurações do projeto>. item de menu, defina o caminho SAPI.h. Clique na C / C + + guia e selecione Preprocessor da Categoria lista drop-down. Digite o seguinte no "adicionais incluem diretórios": C: \ Program Files \ Microsoft Speech SDK 5,3 \ Include.
Para definir o caminho SAPI.lib:
  1. Selecione a guia ligação da mesma caixa de diálogo Configurações.
  2. Escolha a categoria de entrada da lista drop-down.
  3. Adicione o seguinte caminho para o "caminho da biblioteca adicional":
    C: \ Program Files \ Microsoft Speech SDK 5,3 \ Lib \ i386.
  4. Também adicionar "sapi.lib" para o "Objeto / biblioteca módulos" linha. Certifique-se de que o nome é separado por um espaço.

Passo 2: Inicializar COM

SAPI é uma aplicação baseada em COM e COM deve ser inicializado tanto antes de usar e durante o tempo SAPI está ativo. Na maioria dos casos, isso é para a vida do aplicativo host. O código a seguir (da Lista 2) inicializa COM. Claro, o aplicativo não faz nada além de inicialização, mas garante que a COM é iniciado com êxito.

# Include <Stdafx.h>
# Include <sapi.h>

int main (int argc, char * argv [])
{
    if (FAILED (:: CoInitialize (NULL)))
        retornar FALSE;

    :: CoUninitialize ();
    return TRUE;
}
Listagem de código 2

Passo 3: Configurando vozes

Uma vez COM está sendo executado, o próximo passo é criar a voz. A voz é simplesmente um objeto COM. Além disso, SAPI usa padrões inteligentes. Durante a inicialização do objeto, SAPI atribui a maioria dos valores automaticamente de modo que o objeto pode ser usado imediatamente depois. Isto representa uma melhoria importante das versões anteriores. Os padrões são recuperados a partir de propriedades de fala no Painel de Controle e incluir informações como a voz (se mais de uma está disponível em seu sistema), eo idioma (Inglês, Japonês, etc.) Enquanto alguns padrões são óbvios, outros não são (velocidade da fala, pitch, etc.) No entanto, todos os padrões podem ser modificados de programação ou em propriedades de fala no Painel de Controle.
Definir o pVoice ponteiro para NULL não é necessário, mas é útil para verificar erros, o que garante um ponteiro inválido não é reutilizado, ou como um lembrete de que o ponteiro já foi alocado ou desalocado

# Include <Stdafx.h>
# Include <sapi.h>

int main (int argc, char * argv [])
{
    ISpVoice * pVoice = NULL;

    if (FAILED (:: CoInitialize (NULL)))
        retornar FALSE;

    HRESULT hr = CoCreateInstance (CLSID_SpVoice, NULL, CLSCTX_ALL, IID_ISpVoice, (void **) &pVoice;);
    if (SUCCEEDED (h))
    {
        pVoice-> Release ();
        pVoice = NULL;
    }

    :: CoUninitialize ();
    return TRUE;
}
Listagem de código 3. O texto em negrito representa novo código para este exemplo.

Passo 4: Fale!

O discurso real da frase é uma tarefa igualmente simples: uma linha chamando a função de fala. Quando a instância da voz não é mais necessário, você pode soltar o objeto.

# Include <Stdafx.h>
# Include <sapi.h>

int main (int argc, char * argv [])
{
    ISpVoice * pVoice = NULL;

    if (FAILED (:: CoInitialize (NULL)))
        retornar FALSE;

    HRESULT hr = CoCreateInstance (CLSID_SpVoice, NULL, CLSCTX_ALL, IID_ISpVoice, (void **) &pVoice;);
    if (SUCCEEDED (h))
    {
        hr = pVoice-> Speak (L "Olá, mundo", 0, NULL);
        pVoice-> Release ();
        pVoice = NULL;
    }

    :: CoUninitialize ();
    return TRUE;
}
4 listagem de código. O texto em negrito representa novo código para este exemplo.

Passo 5: Modificando Speech

Vozes podem ser modificadas utilizando uma variedade de métodos. A maneira mais direta é a aplicação de comandos XML diretamente para o fluxo. Veja o XML Tutorial TTSpara mais detalhes. Neste caso, uma classificação relativa de 10 irá reduzir o tom da voz.

# Include <Stdafx.h>
# Include <sapi.h>

int main (int argc, char * argv [])
{
    ISpVoice * pVoice = NULL;

    if (FAILED (:: CoInitialize (NULL)))
        retornar FALSE;

    HRESULT hr = CoCreateInstance (CLSID_SpVoice, NULL, CLSCTX_ALL, IID_ISpVoice, (void **) &pVoice;);
    if (SUCCEEDED (h))
    {
        hr = pVoice-> Speak (L "Olá, mundo", 0, NULL);

        / Mudança / pitch
        hr = pVoice-> Speak (L "Isso parece normal, <pitch meio ='-10'/> mas o tom cai no meio do caminho", SPF_IS_XML, NULL);
        pVoice-> Release ();
        pVoice = NULL;
    }
    :: CoUninitialize ();
    return TRUE;
}

Listagem de código 5. O texto em negrito representa novo código para este exemplo. Este é o exemplo de código completo.

Número total de visualizações de página